• Facebook Basic Black
  • Black LinkedIn Icon
  • Twitter Basic Black

© 2017. Asociación de Profesores de Lengua Portuguesa en España (APLEPES)

Nuestra sede

Universidad Complutense de Madrid
Facultad de Filología, Edificio D
Despacho 2.380
C/ Profesor Aranguren S/N
Ciudad Universitaria
28040 Madrid

Telf.: 91 394 5406

Horário: de lunes a miércoles, de 17h30 a 19h.

​(Durante los meses de verano, no se realizará atención telefónica)

E-mail: aplepes@gmail.com

November 14, 2019

November 12, 2019

Please reload

Entradas recientes

Curso de 21 horas certificado por: Universidade Complutense de Madrid / APLEPES

April 2, 2019

1/1
Please reload

Entradas destacadas

Congresso Internacional sobre Literatura, Artes e Ambiente Ecológico

July 5, 2017

ECOCRITICISM 2018 - International Conference on Literature, Arts and Ecological Environment visa a criação de um oportunidade para a discussão crítica e reavaliação no âmbito académico e não-académico de contribuições para a relação entre manifestações culturais e artísticas (na literatura, artes gráficas e visuais, cinema, etc.) e consciência ambiental que foram sendo produzidas ao longo das duas décadas.
O Congresso acolhe contribuições que sejam o reflexo de diferentes visões com base na nacionalidade, ou no género, e que vão da novela ao romance, da poesia ao ensaio, da literatura infantil à literatura juvenil. 

A grande e rica diversidade de questões a que a Ecocrítica se tem dedicado desde o seu surgimento nos anos de 1990 está fundada numa premissa que Cheryll Glotfelty expressou de forma espcialmente interessante: “human culture is connected to the physical world, affecting it and affected by it”. Em paralelo, os estudos e investigação dos académicos norte-americanos têm vindo a ser mote e motivação para novas vias de trabalho, especialmente tendo em mente a ideia de que os seres humanos atingiram o limiar em que as suas acções podem destruir o Planeta, ou seja, os seus sistemas básicos de suporte da Vida.

Assente em teorias e movimentos sociais dedicados à análise da interdependência entre humanos e não-humanos, a Ecocrítica tem vindo a abarcar múltiplas áreas de conhecimento, podendo tal ser defendido como prova de que se trata de um progressivo e frutuoso paradigma epistemológico.

Se na sua fase inicial a Ecocrítica se preocupava essencialmente com as questões relacionadas com a compreensão das crises ambientais, hoje será provavelmente mais adequado referirmo-nos a uma Ecocrítica 2.0 e refocar a questão: de que forma as mais recentes contribuições e expressões artísticas contribuem para a renovação da Ecocrítica, do seu conhecimento e da sua sabedoria?

Para mais informações consulte o site do congresso em http://ecocriticism.greenlines-institute.org/ [PT] / http://ecocriticism.greenlines-institute.org/en/home [EN].


Os interessados em participar devem fazer o seu registo aqui [http://register.greenlines-institute.org/ecocriticism2018/index.php?action=register].


A submissão de resumos prolonga-se até ao final do mês de Agosto de 2017.
O congresso ocorrerá em Março de 2018.


As datas mais importantes estão disponíveis aqui [http://ecocriticism.greenlines-institute.org/pt/datas].

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Síguenos